Slots 777

SEÇÕES

Mulher encontrada morta, amarrada e amordaçada ainda não foi identificada

Os policiais da Delegacia de Homicídios de Timon apreenderam as roupas que foram usadas para a amarrar a vítima e continuam as investigações sobre o caso.

FACEBOOKWHATSAPPTWITTERTELEGRAMMESSENGER

A mulher que foi encontrada morta, amarrada e amordaçada na manhã da última segunda-feira, 26 de outubro, na BR-226, no povoado Sangradouro, na zona rural de Timon, no Maranhão, ainda não foi identificada. 

Os policiais da Delegacia de Homicídios de Timon apreenderam as roupas que foram usadas para a amarrar a vítima e continuam as investigações sobre o caso.

Segundo o delegado Otávio Chaves, um inquérito sobre o homicídio foi aberto. “A guarnição da polícia militar estava fazendo patrulhamento na região e acabou ouvindo os disparos, eles pensavam que era algum morador por ser uma região que tem muitos sítios, só que ouviram disparos e alguns instantes depois outros disparos. Eles começaram a realizar um patrulhamento e acabaram encontrando a vítima já sem vida amordaçada e amarrada”, declarou. 

A Polícia Civil tem suspeitas sobre o caso. “A gente está com algumas suspeitas de que poderia ser uma mulher oriunda da região de São João dos Patos/Paraibano, mas a gente está fazendo levantamentos, inclusive fazemos um apelo para a comunidade, quem tiver algum familiar desaparecido com as características dela para procurar a gente e o IML”, pontuou o delegado.

“É um fato bem grave que choca bastante, foi um crime bárbaro que não foram feitos só os disparos ainda teve os requintes de crueldade de amarrar e amordaçar diminuindo assim qualquer chance dela de uma defesa”, finalizou Otávio Chaves. 



Participe de nosso grupo no WhatsApp, clicando nesse link

Entre em nosso canal do Telegram, clique neste link

Baixe nosso app no Android, clique neste link


Tópicos
Slots 777 Mapa do site

1234